Acumulo de gases pode ter causado explosão de barco, diz Bombeiros

10.06.2019 14:54 Por REDAÇÃO ONLINE

Na busca para encontrar o motivo que causou a explosão em barco na tarde de sexta-feira (7), em Cruzeiro do Sul. O Corpo de Bombeiro analisa algumas hipóteses, uma delas é de que havia acumulo de gazes no fundo do barco e não foi percebido pelo responsável pela embarcação.

As autoridades ainda não sabem se o proprietário da embarcação, que também está entre as vitimas, tinha curso ou treinamento para o transporte de produto inflamável o que, segundo o Corpo de Bombeiros, poderia ter evitado a tragédia.

O capitão Clodoaldo Rodrigues explicou que quando se manuseia produtos derivados de petróleo a tendência é os gazes ficarem acumulados nas partes mais baixas como é o caso do fundo do barco e se não houver ventilação existe o risco de causar um incêndio.

“A embarcação como tinha uma cabine com cozinha, certamente a porta não estava aberta para o ar circular e os gazes se acumularam no fundo do barco durante o abastecimento. Alguém pode ter produzindo uma fagulha e o gás é altamente inflamável e houve a explosão,” explica.

Ainda segundo o capitão, a explosão aconteceu por conta do gás e das chamas que invadiram todo o barco após o rompimento dos vasilhames que espalhou todo o liquido inflamável no fundo da embarcação.

“É para isso que quem trabalha com produtos inflamável precisar ter conhecimento técnico, ter curso. Onde ele vai saber quais são as medidas para evitar acidentes como este, saber que esse tipo de fenômeno pode acontecer”, afirmou

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.