Detento foge de presídio pela porta da frente ao se passar pelo irmão durante o horário de visita no Acre

12.03.2018 16:57 Por Redação Juruá Online

Detento Gean Moreira trocou de roupa e saiu no lugar do irmão Jefson Moreira. Troca ocorreu na tarde deste domingo (11) no Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco.

Jefson (de camisa vermelha) ficou no lugar do irmão Gean que estava preso no FOC (Foto: Arquivo pessoal)

Jefson (de camisa vermelha) ficou no lugar do irmão Gean que estava preso no FOC (Foto: Arquivo pessoal)

O presidiário Gean Moreira Brilhante conseguiu fugir pela porta da frente do Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco, durante o horário de visita, neste domingo (11). Para sair, o preso trocou de lugar com o irmão dele, Jefson Moreira Brilhante, que o visitava no alojamento 6.

Ao G1, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) não soube informar a idade do detento e nem qual pena que ele cumpre. O diretor-presidente do órgão, Aberson Carvalho, falou que abriu um processo administrativo para apurar as circunstâncias em que a fuga ocorreu. Ele disse ainda que as polícias Civil e Militar estão em busca do foragido, mas, até o momento, ele não foi capturado.

“Foi demandado para as polícias e estamos aguardando os procedimentos. O irmão foi encaminhado para a Polícia Civil para responder judicialmente e estamos abrindo procedimento interno para apurar tudo”, confirmou.

A situação foi percebida apenas quando o visitante tentou sair da unidade após o irmão ter fugido. Jefson foi detido por ajudar Gean a fugir e levado à Delegacia de Flagrantes (Defla). Ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.

O boletim de ocorrência registrado pela Coordenação de Segurança do presídio detalhou que os dois irmãos são bastante parecidos. A equipe relatou que os dois trocaram de roupa dentro da cela e o detento Gean Moreira foi até a saída e assinou a ficha de visitante no lugar do irmão.

A equipe disse também que haviam apenas três servidores para controlar a saída dos visitantes, preencher as fichas e fazer a segurança do banho de sol. Os agentes penitenciários reclamaram do pouco efetivo para cobrir várias atividades.

Após quase todas as visitas saíram da unidade, Jefson Moreira foi até a porta de saída tentar deixar o local. Nesse momento, os agentes penitenciários o abordaram e pediram explicações sobre a saída do irmão. O rapaz negou que tivesse ajudado o preso a fugir.

Fonte: G1.

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.