Moradores do Novo Miritizal pedem providência em rua desmoronando

07.12.2017 16:30 Por Redação Juruá Online

Os Moradores do Conjunto Novo Miritizal procuraram a equipe de reportagem da TV Juruá para pedir providências do poder público para consertar uma rua que está desmoronando. O desbarrancamento também já comprometeu uma residência, que te a situação agravada com as chuvas.

O muro da casa de um dos moradores já desabou, e ele teve que deixar o local e está pagando aluguel. Dezenas de pessoas prejudicadas pedem providências do poder público, segundo eles o Conjunto foi construído há sete anos e nem estado nem o município conseguem fazer a manutenção. Seu Ananias diz que o desmoronamento destruiu o caminho por onde os moradores da parte de trás passavam e trouxe outros prejuízos.

“Veio equipe aqui da prefeitura, do estado e disseram que iam ajeitar no verão, e já estamos novamente no inverno e não fizeram nada”, contou.

Segundo seu Adamázio as fossas do Conjunto ficavam no local onde desmoronou e foram soterradas. Para ele os moradores ficam a mercê de um impasse entre Prefeitura e Estado. Ele mora na parte de trás e diretamente afetado pelo problema.

“Aqui a gente se prejudica muito, desde o mau cheiro até a falta de acesso. Vejo a hora descer tudo aqui nessa rua. Um perigo para todo mundo”, falou.

A Secretaria de Habitação do Acre disse que o conjunto foi entregue há sete anos e a Prefeitura nunca quis assumir a manutenção do conjunto e os problemas são decorrência dos desgastes naturais com o tempo. Um abismo que se formou no mesmo conjunto e comprometia uma rua foi feito um serviço de reparo pelo Deracre e ainda tinha conhecimento desse novo problema, mas a partir de janeiro a Secretaria em parceria com outros órgãos vão retomar manutenção, embora reconheça que a responsabilidade já é da prefeitura.

Com informações de Genival Moura

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.