MPAC planeja ações de intervenção nas escolas da zona rural de Epitaciolândia

27.08.2018 12:11 Por REDAÇÃO ONLINE

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) vai desenvolver, em parceria com a rede de proteção social da criança e do adolescente do município de Epitaciolândia, ações de enfrentamento às problemáticas envolvendo alunos das escolas da zona rural.

O promotor de Justiça do município, Ocimar da Silva Júnior, reuniu-se nesta quarta-feira (22) com o prefeito Tião Flores e representantes do Conselho Tutelar, Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Centro de Referência de Assistência Social (Cras), bem como os secretários municipais de Assistência Social e de Educação, com o objetivo de firmar um compromisso de atuação conjunta e já planejar as ações que serão realizadas nas escolas.

Com a iniciativa, as instituições querem a partir de setembro chegar a diferentes comunidades, conhecer suas realidades e pensar em soluções, envolvendo gestores, pais e professores, para os problemas enfrentados pelas crianças e adolescentes como violência na escola e no âmbito doméstico, uso de drogas e abusos sexuais.

De acordo com o promotor de Justiça Ocimar da Silva Júnior, a população tem destacado a necessidade de uma intervenção maior do MPAC nas comunidades e aproximação dos serviços que são prestados pela rede de proteção social do município.

“Essa aproximação é importante para chegarmos às portas de entrada, que são as escolas, podendo atender e prevenir aquilo que é essencial, ou seja, questões relacionadas às drogas, maus tratos, saúde mental, que precisam de uma atenção, que tem sido já desempenhada por essa rede, e a gente está auxiliando, articulando as equipes, essas instituições, para que a população possa então se sentir acolhida pelos serviços que garantem direitos fundamentais”, disse o promotor de Justiça.

Jaideson Peres – Agência de Notícias do MPAC

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.