MPAC promove curso de segurança no trânsito e preservação da vida para motoristas da instituição

25.09.2018 16:20 Por REDAÇÃO ONLINE

Teve início, no sábado (22), o 2º módulo do curso ‘Grandes Mudanças na Legislação de Trânsito e direção ofensiva e defensiva na condução de autoridades’. A capacitação é destinada aos motoristas do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) lotados em Rio Branco e foi realizada na Arena de Esportes Radicais.

Com o objetivo de prepará-los para adversidades do trânsito, por meio de uma condução técnica e segura, utilizando o veículo como ferramenta de defesa, os participantes puderam receber ensinamentos práticos e úteis visando à conservação dos veículos, segurança no trânsito e, sobretudo, proteção da vida.

Integrante do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Acre (PMAC), o sargento José Henderson Cortez de Moura foi o instrutor das atividades, que também contou com a contribuição do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

“Se você dirige preservando vidas, conhecendo a máquina, sabendo como ela funciona e se ambienta à tecnologia do carro e às formas corretas de frenagem, você saberá retomar a direção numa situação de risco não programada”, assegura o facilitador.

De acordo com o diretor de Administração do MPAC, Sandro Caldera, o curso é de suma importância para dar segurança aos membros. “Nossos motoristas estão recebendo instruções básicas de condução, de evasão em situações de risco, alem de conhecimentos de mecânica, visando essa segurança”, explica.

O 1º módulo do curso foi realizado no mês de março, com aulas teóricas no Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf). Na ocasião, foram abordados conceitos e temas, entre eles, condições adversas, como evitar acidentes, infrações e penalidades e cuidados na direção e manutenção de veículos e com os demais usuários da via.

Abordou, ainda, a questão do estado físico e mental do condutor e noções de respeito ao meio ambiente e de convívio social no trânsito.

A reciclagem e capacitação de membros e servidores têm sido uma preocupação da Procuradoria Geral de Justiça. Desde o início, as aulas são realizadas fora do horário de expediente para evitar compatibilidade de horário com as atividades e demandas dos motoristas no desempenho de suas funções no MPAC.

André Ricardo – Agência de Notícias do MPAC

Fotos: Willian Crespo

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.