Grupo de observadores de pássaros fazem expedição no Acre

10.10.2017 14:14 Por Redação Juruá Online

Na tarde desta segunda-feira, um grupo de observadores de pássaros de todo país, exploraram a região do Vale do Juruá em busca de novas espécies. Para vê-los de perto e poder fotografar, foi necessário uma caixa de som que reproduzia cantos gravados.

Equipados com câmeras profissionais, o grupo estava atento na busca dos pássaros, e a cada click uma surpresa sempre agradável de ver. Cores vibrantes; um espetáculo da natureza.

Eles fazem parte da Expedição Choca do Acre. Nome dado a uma ave nativa, que só é encontrada na região da Serra do Divisor. E é para lá que todos estão indo. Mas antes, uma parada estratégica para explorar um pouco a fauna amazônica, nos arredores de Cruzeiro do Sul.

“O Brasil tem uma diversidade muito grande, são mais de 1.900 espécies. Na Amazônia nós temos 1.300 espécies. E só no nosso estado do Acre, temos cerca de 700 espécies já registradas”, contou Tancredo Maya, ornitólogo.

No grupo, pessoas de diversas regiões do país. Como é caso do professor Herbert Schubrt, de 76 anos. Ele veio de São Paulo só para observar o comportamento das aves.

“Essa região é bem diversificada por influência das aves peruanas, então nós viemos de longe para tentar encontrar essas espécies”, falou Herbert.

A turma está sendo acompanhada pelo biólogo acreano Ricardo Plácido. Segundo ele, de um total de 2 mil espécie de aves registradas no território brasileiro, dessas, 730 estão aqui, no acre.

“O estado é conhecido como um lugar de grande biodiversidade, incluindo as aves. No Parque Nacional da Serra do Divisor, foi descrita uma nova espécie para a ciência em 2004, e homenagearam o Acre colocando o nome dela de Choca do Acre. O grupo veio com esse objetivo, observar essa espécie”, contou o biólogo.

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.