Servidores do Judiciário suspendem provisoriamente greve que se estendia há 90 dias

10.01.2017 12:45 Por Redação Juruá Online

Iniciada no dia 10 de outubro de 2016, a greve dos mais de 1.200 servidores do poder Judiciário que inclui agentes de segurança, motoristas, oficiais de justiça, técnicos administrativos e analistas, foi suspensa por determinação do sindicato da categoria.

Como não houve êxito com a atual presidente do Tribunal de Justiça Cezarinete Angelin, no tocante a reivindicações como  a regulamentação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), além do aumento do auxílio de saúde entre outras, e devido a mesma já estar há poucos dias do fim de seu mandato, os servidores  resolveram suspender provisoriamente a greve, até a negociação com a presidente eleita, desembargadora Denise Bomfim, marcada para o dia 7 de fevereiro.

40 % dos servidores se mantiveram em greve nesse período. O representante sindical da categoria em Cruzeiro do Sul, Jairo Ennes, disse que há uma boa expectativa quanto as futuras negociações com a  presidência do tribunal.

“Nós deixamos tudo isso, todas as reivindicações, para a nova presidência que está assumindo no início de fevereiro”, falou.

Com informações de Alexandre Gomes

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.