O cromossomo do amor

28.03.2017 10:43 Por Vanísia Nery

Todos os anos, o dia 21 de março é lembrado com mais veemência, principalmente pelos que possuem o que conhecemos por Síndrome de Down. O que gera está síndrome é um terceiro cromossomo no material genético de cerca de 270 mil brasileiros, ou seja, estes em um tom mais poético levam consigo o cromossomo do amor. Entretanto, é nesse dia em que uma multidão significativa toma as ruas do Brasil para mostrar que os seres humanos que têm essa alteração genética se mesclam com o resto da sociedade e querem viver igual a todos.

Cruzeiro do Sul também não deixou de fazer a sua parte. Pelo segundo ano consecutivo nossa cidade, através de um Ato Público mostrou que quando quer trava uma briga feia por um mundo mais justo e que acolha todas as pessoas com deficiência como elas merecem. Sem dúvida tive orgulho de ver um batalhão de gente lutando pelo que há de mais bonito na nossa existência: o amor ao próximo. O amor pelo próximo é uma coisa que jamais devemos perder nesse plano cheio de mazelas e todos os que estavam lá naquela manhã de terça-feira provaram que ainda têm isso em seus corações. Por esse motivo, parabenizo a quem participou e a quem organizou a grandiosa manifestação.

É ótimo ver progredindo e ganhando novas forças um movimento que passou a acontecer por minha causa. Espero que nos próximos anos mesmo que eu não esteja à frente, o evento se torne maior e transforme a cabeça de quem ainda carrega um gigantesco preconceito dentro de si.

Por: Rita Albuquerque

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.