Recepção calorosa

11.05.2017 14:25 Por Redação Juruá Online

Geralmente, quando pensamos na expressão acima logo nos vem à cabeça recepções em ambientes de ensino, mas não é isto! O que trago é o resultado de uma vivência muito mais festiva: a minha ida a uma casa de show.

Estava louca para compartilhar um texto sobre isso com vocês. Só que, para tal coisa ser possível eu precisava ir ao meu primeiro show. Sendo assim, comecei a buscar a melhor oportunidade para concretizar o objetivo com sucesso e quando menos eu esperei soube que o cantor Tiago Iorc faria um show em Rio Branco – Acre.

Sabe quando as coisas conspiram ao seu favor? Pois é, foi isso o que aconteceu comigo. Por gostar do Tiago eu já comecei a bater o pé, “ops”, a roda da cadeira (risos) e pedir a Deus para que se eu realmente fosse além de tudo vir a ocorrer bem, conseguisse provar que apesar de ser cadeirante eu também poderia se divertir nas casas de shows.

Quando falei desse desejo para meus familiares já sabia que até convencer eles me deixarem ir eu teria uma dor de cabeça tremenda, porque são muito protetores. Entretanto, por mais que não demonstrasse também estava meio receosa, afinal era o meu primeiro show na vida, mas mantive a paciência e a coragem. Eu não ia desistir! Então, mesmo recebendo pouquíssimo apoio, tive a ideia de entrar em contato com a “Ação Eventos”, equipe organizadora. Involuntariamente vieram as perguntas: “- O lugar será acessível? No caso de ser, vocês disponibilizarão um local reservado para cadeirantes?” Eles gentilmente disseram que sim. Daí continuei a indagar, perguntei sobre os ingressos, com quem eu falaria quando chegasse no lugar, etc., depois de tais informações aí que a vontade foi maior mesmo.

Persisti e consegui. Pedi para uma amiga de longa data que fosse comigo. Ela foi e nós ficamos na casa de seus parentes, os quais nos deram toda a assistência para estar no Resort Hotel na noite do dia 09 de abril de 2017.

Apesar do lugar não oferecer uma acessibilidade 100% , eu e minha amiga fomos recepcionadas pela equipe de forma calorosa. Todos, inclusive o Alex, chefe da “Ação Eventos” foram ultra atenciosos e amáveis. Além de me levarem ao camarim do Tiago Iorc, como o garantido eles me possibilitaram uma visão privilegiada do palco. Fiquei junto com a minha acompanhante na frente da grade que separa o cantor de seus fãs e assisti com um gosto de vitória e sem nenhuma obstrução a deleitante performance do profissional.

Após o meu regresso para Cruzeiro do Sul, entrei em contato com o chefe da organização novamente, agradeci pelo belo acolhimento e quis saber qual era a maior dificuldade de receber em shows o público que tem mobilidade reduzida. Ele me respondeu o que eu já imaginava: a comunicação entre eles e o cliente. Porque sem o diálogo com a equipe antecedente ao evento, ela não vai adivinhar se terá um cadeirante ou qualquer pessoa com outro tipo deficiência. Alex ainda ressaltou que se todos os que precisassem de um atendimento especial fizessem como eu, que fui atrás, comuniquei que compareceria ao evento facilitaria muito mais a receptividade dos mesmos nas casas de shows. Portanto, comuniquem-se! Ah! E parabéns Ação Eventos. Vocês são excelentes!

Por: Rita Albuquerque

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.