Parcelas do Seguro Defeso começam a ser liberadas para pescadores de Cruzeiro do Sul

07.02.2018 17:30 Por Redação Juruá Online

Após mais de 2 meses as parcelas do seguro defeso dos pescadores começaram a serem pagas, de acordo com a colônia de pescadores. As parcelas que deveriam ter caído nas contas dos pescadores desde o mês de novembro começaram a serem liberados nesta terça-feira (6).

“Estamos ligando para os pescadores que já tiveram o beneficio liberado, vale lembrar que não adianta os pescadores que não receberam a minha ligação vim aqui ou no banco porque ainda vai cair o dinheiro, esse dinheiro vai ser liberado de forma gradativa e vamos informando aos pescadores”, disse o presidente da colônia de pescadores, Elenildo Nascimento.

O defeso é um período em que a pesca de determinadas espécies fica proibida, por causa da época de reprodução.

Como os pescadores ficam impedidos de pescar, o governo paga um seguro-desemprego para aqueles que tenham a pesca como única fonte de renda. O benefício equivale a um salário mínimo, atualmente em R$ 937.

Mais de 1500 pescadores foram prejudicados com os atrasos, de acordo com a colônia. “Enfrentamos esse problema enorme e ainda não tínhamos nem recebido o beneficio, infelizmente foi preciso fazer manifestações para poder conseguir que fosse liberado mais rápido esse dinheiro”, afirmou.

Os pescadores estão recebendo duas das quatro parcelas do seguro que se encerra em março. O atraso segundo o INSS seria pelo número reduzido de funcionários para atender a demanda de pescadores.

Com informações de Alexandre Gomes

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.