Com início das aulas, alunos se arriscam em rodovia de Cruzeiro do Sul

12.03.2018 15:11 Por Redação Juruá Online

Rodovia AC-307 não possui estrutura para atender alunos de escola nova; ‘Estamos preocupados’, diz diretora.

 

 

Começaram nesta segunda-feira (12), as aulas na escola Anselmo Maia, localizada na AC-307, no bairro Santa Terezinha. Mas, nem tudo é motivo de comemorações. A falta de infraestrutura básica na rodovia obriga os estudantes a disputarem o espaço com veículos, causando riscos a crianças e adolescentes.

A intensa movimentação da AC-307, que liga Cruzeiro do Sul ao município de Mâncio Lima, oferece perigos eminentes aos estudantes. Recém-construída pelo governo do estado, a escola vai atender estudantes do ensino fundamental.  O problema é que, para   chegar até à instituição de ensino, os alunos enfrentam verdadeiros desafios. A reclamação vem dos próprios estudantes. 

O estudante Gabriel da Cruz, de 14 anos, diz que não ver problema em chegar à escola, sabe como deve andar na rua. Já está acostumado a driblar carros, motos e até mesmo caminhões e ônibus. Ele teme pela vida das crianças menores que em muitas vezes andam desacompanhas.

“Eu sei andar por ai, mas tem criança menor que não sabe e pode ser perigoso para essas crianças”, disse.

No local, falta limpeza do mato, não tem calçadas e nem sinalização. Como medida paliativa para garantir a segurança na região, a 1° Ciretran deu início ao trabalho de pintura de uma faixa pedestre e destinou agentes e educadores de trânsito ao local.

A diretora da escola, Luciana, disse que uma das preocupações da gestão é com a segurança dos alunos na rodovia. “No momento estamos preocupados porque os carros passam em alta velocidade da rodovia e já entramos em contato com a prefeitura para a construção de uma calçada e isso é um perigo”, afirmou.

Com informações Erisney Mesquita.

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.