Mortes no Trânsito reduz 37,5% em Cruzeiro do Sul

01.01.2018 10:32 Por Redação Juruá Online

O número de morte violentas por acidentes de trânsito, tiveram uma redução de 16 para 10, durante o ano de 2017 na região do Vale do Juruá, correspondente a 37,5%. Os dados foram divulgados pela Primeira Ciretran de Cruzeiro do Sul no dia 29 de dezembro.

Apesar da redução, os números ainda são altos. O ano de 2017 deve fechar com 10 acidentes fatais no trnsito, ou seja, quase uma pessoa morreu a cada mês nas estradas e ruas da região.A causa morte quase sempre está ligada diretamente a embriaguez e imprudências.

“Uma redução bem significativa para aquilo que a gente mais combate que é a morte no trânsito. É um desafio muito grande, e entedemos que esse desafio é diário. A embriaguêz infelizmente é um dos grandes problemas que temos, mas também citamos aqui a imprudência, o desrespeito as regras de circulação, os limites que são impostos entre a máquina e o cidadão, são fatores diversos”, relatou o gerente da 1ª Ciretran Valder Dantas.

As rodovias estaduais e federais também mataram muita gente, durante o ano. No total foram cinco mortes, número semelhante ao registrado na zona urbana do município.

“Tem sido uma preocupação nossa. Estamos esperançosos com o processo de municipalização, a partir do momento que o município começar a agir mais na area urbana o Detran poderá agir mais nas rodovias, e acredito que vamos avançar em 2018”, falou.

Segundo Valdecir Dantas, mais de 120 mil pessoas foram alcançadas com programas de conscientização e educação no transito no município de Cruzeiro do Sul.

Com informações de Erisney Mesquita

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.