Polícia prende acusado de matar jovem no bairro da Várzea

07.12.2017 13:11 Por Redação Juruá Online

O acusado também é suspeito de tentar contra a vida do um filho de um policial militar.

Acusado

Felipe Souza Martins, de 18 anos, vulgo, “Carne de cão”, foi preso na noite desta quarta-feira (06), quando se preparava para fazer uma apresentação de dança no teatro dos Náuas. Segundo a polícia, foi ele quem executou com dez tiros, Cleison Oliveira de Souza, de 29 anos, na noite do último sábado (02) no bairro da Várzea. “Carne de Cão” também confessou ter participado de uma tentativa de execução de um filho de policial aposentado, no mesmo dia.

“Ele integra um grupo de dança, estava participando de um festival de dança no Teatro dos Náuas, situação em que efetuamos sua prisão. Literalmente ele dançou, porque foi preso acusado de uma tentativa de homicídio e de uma tentativa ocorrida no ultimo sábado. A tentativa no bairro do Telégrafo e o homicídio no bairro da Várzea. Ele inclusive já confessou seu envolvimento nos dois crimes”, falou o delegado responsável pela investigação Elton Futigame.

Vitima

No celular do acusado a polícia encontrou várias ligações e mensagens relacionadas ao crime, inclusive, em uma fotografia onde o suspeito aparece portado uma arma de fogo.

“A polícia continua com a investigação até que se chegue aos demais envolvidos, pois ainda não apreendemos a arma”, falou.

Segundo o delegado, além de confessar os crimes, Felipe ainda deu detalhes sobre motivações.

“No primeiro caso, na tentativa contra o menor, ele alega que o menor seria responsável por outros dois homicídios que aconteceram na cidade. Já o do homicídio ele alega que foi a vítima o responsável por jogar uma granada no bairro da Cohab que não explodiu, por isso o mataram no bairro da Várzea”, explicou o delegado.

Da redação Juruá Online

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.