Prefeitura intensifica trabalho de tapa buracos nas ruas de Cruzeiro do Sul

15.06.2017 12:58 Por Redação Juruá Online

A realidade hoje em muitas ruas de Cruzeiro do Sul já não é mais a mesma no que diz respeito aos buracos que a população tanto reclamou. A prefeitura vem intensificando o serviço de tapa buracos, nas principais ruas e avenidas e também nos bairros.

Na Rua do Muru, por exemplo, no mês de março deste ano, as condições da via eram precárias, o que gerou um protesto dos moradores no local, inclusive o comércio era afetado com a rua praticamente intrafegável. Agora o local está com outro aspecto após o trabalho de tapa-buracos e recuperação. Por baixo do asfalto foi preciso um trabalho de infraestrutura já que havia vazamento de água, e a rua agora está em boas condições.

A exemplo da Rua do Muru, várias outras na cidade foram atendidas com o serviço de tapa buracos, como a estrada da Boca da Alemanha que passa pelo aeroporto Velho e Santa Terezinha, o tráfego é intenso e haviam muitos buracos que chegaram a causar acidentes. Na tarde desta quarta-feira (14) uma das equipes da Prefeitura estava recuperando a Rua Newton Prado, também no Bairro João Alves, os problemas que já se arrastavam há anos comprometiam a infraestrutura da rua que precisa ser totalmente recuperada. O prefeito Ilderlei Cordeiro disse que foram adquiridas 800 toneladas de asfalto e garante que o serviço vai continuar.

“Agora com o verão vamos usar definitivamente nossa usina, e como vocês tem visto e acompanhado, estamos com equipes intensas. No João Alves estamos há amis de uma semana consertando”, falou.

O prefeito falou ainda a respeito do prédio da biblioteca municipal que está ocioso e que a prefeitura pretende leiloar para pagar encargos sociais e assim tem mais condições de investir na recuperação das ruas.

“O recurso de sse prédio público vai pagar os encargos sociais, esses encargos não estão em atraso, mas estamos pagando com recursos próprios, enquanto poderia pegar esses recursos e fazer investimentos em outras áreas. Nós optamos por pegar esse recurso pagar encargos sociais e comprar um terreno no outro lado do rio para fazer nossa rodoviária”, explicou.

Ilderlei Cordeiro garante que para o serviço de tapa buracos não faltará recursos, o recapeamento dos asfaltos desgastados é que depende de mais investimentos.

“Para recuperar ruas temos recursos suficientes, mas para recapeamento essa foi a solução que encontramos, pois requer um investimento e maior trabalho”, finalizou.

Com informações de Genival Moura

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.