Secretaria da Mulher leva atendimento social aos moradores da Vila Santa Rosa

13.11.2017 14:34 Por Redação Juruá Online

Os moradores da Vila Santa Rosa atenderam o chamado e compareceram em peso na Escola Municipal Antônio Ferreira Gomes. No local, aconteceu mais uma edição do Projeto “Secretaria da Mulher na Comunidade: mais perto de você”. A ação contou com atendimentos médico, jurídico, psicológico e social.

A dona Albenísia ficou sabendo que seria possível retirar a segunda via da identidade dela e dos filhos.

“Aproveitei essa oportunidade, pois para ir até o Centro é mais difícil para gente que mora mais afastado, então foi muito bom”, relatou.

A defensoria Pública do Acre, parceira na ação, disponibilizou apoio jurídico aos moradores. Sem dinheiro para poder pagar um advogado particular, Seu Edson Lin aproveitou o atendimento gratuito para tentar resolver um problema relacionado à pensão alimentícia.

“Tenho uma filha de 22 casada, um de 20 sem estudar e uma de 18 casada, e eu acho que já tenho que parar de pagar pensão, pois tenho outros dois filhos no outro casamento, e preciso saber e esclarecer isso”, relatou.

A secretaria Municipal de Saúde também esteve presente com varias ações, entre elas, realização de testes rápidos contra doenças infectocontagiosas e consultas médica.

Dentro da programação ainda houve apresentações culturais com jovens talentos da comunidade. Participação da Programação de prevenção às drogas da polícia militar, entre outros. A ideia da realização do projeto na Vila Santa Rosa, foi uma solicitação da ONG Menino Jesus de Nazaré, que realiza trabalho social com crianças com deficiência.

O Projeto “Secretaria da Mulher na Comunidade: mais perto de você”, é uma promoção do governo do estado acre, por meio da Secretaria de Politicas Públicas para as Mulheres.

“Quando falamos em política para mulheres, é um universo bem mais amplo que o senso comum consegue identificar. Quando falamos de mulher é um publico bem mais amplo, e estamos levando esse projeto para chegar mais perto dos cidadãos que necessitam desses atendimentos”, relatou.

Com informações de Erisney Mesquita

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.