Comerciante procura delegacia e desmente versão de sequestro ‘tentamos ajudar ela’, diz

11.07.2019 15:16 Por REDAÇÃO ONLINE

Após a matéria do suposto sequestro que foi veiculado no Juruá Notícias desta quarta-feira (10), o comerciante Aldair José de Almeida procurou a nossa equipe para explicar que ele e um amigo foram as pessoas que deram carona para criança. O comerciante desmente a história contada pela avó e diz que tentou ajudar a criança que estava chorando na rodoviária de Cruzeiro do Sul.

“Eu estava na frente do comércio do meu amigo quando vi a criança desesperada chorando, quando ela passou do meu lado perguntei o que tinha acontecido, foi quando ela me disse que tinha se perdido da avó, nesse momento chamei meu amigo e um funcionário dele foi pegar água para ela. A menina disse que tinha se perdido da avó na praça do Centro, então resolvemos levar a criança no local para tentar achar ela e antes de chegar ela avistou a mulher e a devolvemos”, conta.

Na manhã desta quinta-feira (11), Aldair Jose de Almeida se apresentou na delegacia com o amigo que estava com ele no momento que encontrou a criança, o comerciante levou as imagens que mostram a menina se aproximando do comercio chorando, um funcionário dando água para a garota e ela entrando no carro.

O delegado Alexnaldo Batista disse que as investigações se encaminham e apontam uma nova perspectiva. “O que se encaminha é que parece que não houve uma tentativa de sequestro e sim que dois amigos tentaram ajudar uma criança que estava perdida da avó, sendo encontrada em um local totalmente diferente do que a avó informou”, afirmou.  

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.