Comoção marca velório de motociclista cruzeirense que morreu na Argentina

11.01.2019 15:38 Por REDAÇÃO ONLINE

Francisco Mardens fazia a viagem dos sonhos com amigos, passar por todas os países da América Latina de motocicleta. Na Argentina uma camionete atropelou Mardnes e Renato Lima que mora na capital. A família e amigos ficaram 10 dias esperando a chegada do corpo do servido público em cruzeiro do sul. Rosilda Sales, mãe de Mardens, fala sobre a espera p chegada do corpo.

“Ele dizia que era a viagem dos sonhos e infelizmente aconteceu essa fatalidade. Um sofrimento muito grande para todos nós”, disse.

O translado teve uma demora de 10 dias para acontecer, Rosilda fala que a demora só aumentava o sofrimento. “Esperamos 10 dias e foi um sofrimento ainda maior porque só aumentava nossa dor. O que me conforta é que meu filho sempre foi muito amado e exemplar”, afirmou.

O funeral aconteceu até as 9:00 da manhã desta sexta-feira (11), na igreja presbiteriana, onde amigos vieram dar o último adeus para o colega de trabalho. Adsson Andrade era amigo e disse que o mundo perdeu uma pessoa maravilhosa.

“Um companheiro, um amigo, um cara pontual, eu perdi mais que um amigo, perdi um irmão. A gente não acredita que perdeu uma pessoa tão maravilhosa assim”, afirmou.

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.