Polícia apreende 79 mil doláres que seriam usados para comprar armas e drogas em Cruzeiro do Sul

07.02.2019 14:50 Por REDAÇÃO ONLINE

A Polícia Civil em parceria com a Polícia Militar no desdobramento da Operação Avalanche que já dura 15 dias, na noite desta quarta-feira (6), abordou um taxi nas proximidades da ponte da união e conseguiu apreende uma enorme quantidade de dinheiro que seria usado na compra de armas e drogas, em Cruzeiro do Sul.

Dentro do carro tinha uma mochila com 79 mil dólares em notas de 100, 50 e 20, 10 mil soles, 20 mil bolivianos e 5 mil pesos, além do condutor do taxi Antônio Gleuson, mais dois homens foram presos, Lucas Martins, de 23 anos e Leandro Tavares, de 28 anos.

 Eles são os suspeito de terem atirado em três pessoas, onde um morreu ainda no local e os outros foram encaminhados para o hospital, na última terça-feira (5), no município de Mâncio Lima. O delegado responsável pela operação, Alexnaldo Batista, disse que se trata da prisão de pessoas importantes no mundo do crime.

 “Hoje encerramos a operação que foi integrada e essa operação se destacou pelas prisões importantes que foram presas. Conseguimos tirar das mãos dos criminosos 79 mil doláres e isso vai desestabilizar o crime na cidade”, disse.

Os criminosos devem responder pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação e financiamento do tráfico internacional. “São vários os crimes e todo o procedimento já foi realizado e vão ser encaminhados para a Unidade Penitenciária”, afirmou o delegado Luis Tonini.

O comandante do CPO2, major Manoel Jorge afirmou que o rio Juruá continua sendo rota para o tráfico de drogas, por este motivo a fiscalização é constante.

“Estamos fazendo permanentemente fazendo essas operações e patrulhamento e não vamos descansar é um trabalho silencioso que está nos levando para um resultado fantástico”, finaliza.

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.