Sinteac contesta cláusula no edital de concurso da educação

10.01.2019 15:52 Por REDAÇÃO ONLINE

O Sindicato de Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), contestou uma clausula no edital de concurso da educação publicado no dia 3 de Janeiro. Segundo a clausula, o candidato não pode ter sido contratado por tempo limitado em razão de excepcionalidade do poder público, nos últimos 24 meses.

Segundo o presidente do Sinteac, em Cruzeiro do Sul, Edvaldo Gomes, disse que a medida vai prejudicar muitos interessados. “Significa dizer que todas as pessoas que já foram contratadas nos últimos 24 meses não podem ser contratadas novamente”, disse.

Gomes disse que há professores com mais de 20 anos de contrato provisório e ficariam de fora do processo. “São professores aptos que ficariam de fora desse contrato, já estamos em contato com nosso jurídico e estamos procurando mais informações sobre essa clausula inconstitucional”, afirmou.

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.