Mais duas crianças feridas em Janaúba têm alta em Belo Horizonte

11.10.2017 14:44 Por Redação Juruá Online

Duas crianças feridas no ataque a uma creche em Janaúba (MG) tiveram alta do Hospital Odilon Behrens, em Belo Horizonte, entre a tarde de terça-feira (10) e a manhã desta quarta-feira (11).

Daniel de Jesus Silva, de 4 anos, e Sarah Emanuely Pereira Silva, de 5 anos, que estavam internados desde a última sexta-feira (6), devem seguir para Janaúba ainda nesta quarta, de acordo com a assessoria de imprensa do centro médico.

As crianças foram feridas no incêndio à creche Gente Inocente, na última quinta-feira (5). No momento do ataque, provocado pelo vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, 75 crianças e 17 funcionários estavam na escola.

Onze pessoas morreram, entre elas o vigia e a professora Helley Abreu Batista, de 43 anos, que tentou salvar as crianças. Ela teve 90% do corpo queimado e morreu cerca de 11 horas depois da tragédia.

Vinte e duas pessoas continuam internadas em hospitais de Minas Gerais, entre elas 16 crianças.

Professora morreu no hospital (Foto: Juliana Peixoto/ G1)

Professora morreu no hospital (Foto: Juliana Peixoto/ G1)
Professora morreu no hospital (Foto: Juliana Peixoto/ G1)

De acordo com a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), sete pessoas seguem internadas no João XXIII – cinco crianças e dois adultos. Entre as crianças, duas estão em estado grave, uma segue estável, e duas tiveram alta do Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Os adultos também apresentam estado de saúde grave.

A Fhemig informou também que mais duas crianças permanecem internadas, em estado estável, no Hospital Infantil João Paulo II.

No Hospital Odilon Behrens, duas crianças permanecem internadas na pediatria, com quadro clínico estável. Uma delas, um menino de quatro anos, deve ganhar alta nesta quarta-feira.

Nove pessoas continuam internadas em dois hospitais de Montes Claros. Outros dois adultos, que ajudaram no socorro às vítimas, seguem no Hospital Regional de Janaúba por terem inalado fumaça tóxica.

Na tarde de terça, uma menina de cinco anos ganhou alta do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital mineira.

Crime em creche de Janaúba, Norte de Minas (Foto: Fredson Souza/Arquivo pessoal)

Crime em creche de Janaúba, Norte de Minas (Foto: Fredson Souza/Arquivo pessoal)
Crime em creche de Janaúba, Norte de Minas (Foto: Fredson Souza/Arquivo pessoal)

Fonte: G1

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.