Servidor da prefeitura de CZS leva tiro quando fazia entrega de sacolões no Miritizal

21.02.2017 22:59 Por jornalismo


O motorista de uma caminhinete Rilux, de propriedade da prefeitura de Cruzeiro do Sul teria sido atingido no quadril por um dispararo de arma de fogo. Dois indivíduos foram vistos em fuga em direção ao Rio Juruá.

A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 17h10, da tarde desta terça-feira, 21, nas proximidades de uma praça localizada próximo a Ponte sobre o Rio Juruá, no bairro do Miritizal, região periférica de Cruzeiro do Sul. Um servidor da prefeitura, identificado apenas por Marcleison, supostamente, entregava sacolões à familias atingidas pela alegação recente, quando foi surpreendido pelos disparos de arma de fogo, desferidos por dois indivíduos que estavam esvondidos no mato. A caminhonete também foi atingida pelos tiros.

Mesmo assustado a vítima conseguiu sair local em disparada e pediu socorro. Os acusados teriam fugido em direção a um Pontão Fluvial, atravessaram o rio a nado e conseguiram se esconder na região do bairro da Lagoa.

A polícia militar esteve no local e fez buscas pelas imediações. Até o fechamento deste edição nenhum suspeito tinha sido encontrado.

No veículo ficou registrado pelo menos quatro disparos de arma de fogo.

A suspeita é que o crime esteja ligado com uma onda de execuções, fruto de acerto de contas, entre membros de grupos criminosos rivais.

O secretário de comunicação da prefeitura confirmou o ocorrido e negou que a ação esteja ligada a entrega de donatvos. Segundo Neto Vitalino, o ocorrido trata-se de um assunto particular do servidor.

Uma pessoa ligada a vitima chegou afirmar que o rapaz passou por cirurgia e encontra em observação no HJ.

Erinsey Mesquita, da redação do juruaonline.net

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.