Estados Unidos testam sistema de aviso antimísseis no Havaí

01.12.2017 11:19 Por Redação Juruá Online

 Pessoas assistem reportagem sobre novo teste de míssil balístico intercontinental (ICBM) da Coreia do Norte, em Seul, Coreia do Sul
 

Saiba Mais

  • Coreia do Norte diz que novo míssil deixa EUA ao alcance de suas armas nucleares
  • Pentágono diz que míssil norte-coreano “põe em risco a paz mundial e regional”

Os Estados Unidos começam a testar hoje (1), no Havaí, um sistema de aviso anti-mísseis. Os testes fazem parte de um plano de preparação para um possível ataque da Coreia do Norte, a esse território insular dos EUA. Apesar da sua grande distância da América do Norte, o Havaí é um estado americano, localizado no Oceano Pacífico, a quatro mil quilômetros a oeste da Califórnia.

O teste acontece seis dias depois do regime norte-coreano ter lançado um míssil balístico intercontinental no Mar do Japão. Segundo Pyongyang, o míssil seria capaz de atingir o território norte-americano. O próprio Pentágono informou que o míssil foi o mais potente lançado até hoje pela Coreia do Norte.

Especialistas em energia atômica contudo não acreditam que Pyongyang já tenha desenvolvido uma ogiva nuclear compacta capaz de ser acoplada em um míssil de longo alcance, mas segundo interlocutores do Pentágono, do Japão e da Coreia do Sul, o governo norte-coreano está avançando em seus testes para conseguir tal feito.

Os testes com sistema de aviso no Havaí servirão, segundo o governo norte-americano, para ensinar à população a como reagir em caso de um ataque. Trata-se de uma simulação, o mesmo sistema usado em catástrofes naturais, como furacões, tsunamis e incêndios.

Fonte Agencia Brasil

Recomendado

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.