Gladson define pré-candidaturas com ribeirinhos e indígenas

24.01.2012 5:40 Por jornalismo

No Centro Yyorenkantame, onde diversas lideranças indígenas estiveram presentes, foi discutida as chances reais de vitória nas eleições deste ano.

Os municípios de Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Marechal Taumaturgo foram os pontos de encontro de vários dirigentes e pré-candidatos a vereador pelo Partido Progressista (PP) com o presidente do Diretório Estadual, deputado federal Gladson Cameli, que definiu vários critérios a serem seguidos durante as eleições municipais deste ano.

Em Cruzeiro do Sul, ainda na quarta-feira,18, cerca de 20 pré-candidatos discutiram várias questões internas acerca da sucessão municipal, esclarecendo dúvidas sobre a legislação eleitoral, coordenação de campanha, alianças partidárias e condutas éticas adequadas para o processo eleitoral 2012.

Na conversa, Gladson Cameli reiterou a declaração de que o PP é um partido forte, unido e compromissado com ideais que projetam a inovação e o progresso para o Brasil e o Acre.

“Nós temos sonhos e trabalhamos para que todos possam participar e debater idéias novas, cujo propósito é construir um novo caminho que garanta desenvolvimento e democracia para o nosso estado”, disse ele.

Com os pré-candidatos também foi discutida a aliança do PP com o PMDB em Cruzeiro do Sul, onde os progressistas pretendem indicar o vice na chapa do atual e pré-candidato a prefeito Wagner Sales.

Em Rodrigues Alves, Cameli visitou várias casas e conversou com moradores sobre os problemas locais, discutindo vários apoios às comunidades ribeirinhas da região, fazendo uma parada na comunidade Foz do Paraná dos Mouras , onde mais de 80 famílias vivem sob ameaça constante de doenças como dengue, hepatite e malária devido a um esgoto a céu aberto com média de 3 quilômetros de extensão.
Na comunidade, ele recebeu solicitações para investimentos na área de comunicação, segurança e médica.

Lá, os moradores reclamam da falta de médicos, medicamentos, de policiais e de um orelhão para manter contato com as autoridades nas cidades mais próximas.

Na comunidade Besouro, na região de Porto Walter, Gladson esteve juntamente com o vereador José Ivoneto, presidente da Câmara Municipal e o empresário Zezinho Barbari, ouvindo a população, representada pelo líder comunitário, Josimar Rocha, que reclama principalmente da falta de condições para escoar a produção para cidade.

As dificuldades de transporte fazem com que os produtores sejam obrigados a fretar um barco e vender sua produção para atravessadores, sendo que no Alto Juruá o prejuízo dos produtores com perda de produção foi de mais de R$ 2 milhões em 2011.

Gladson garantiu se empenhar para alocar emendas junto ao Ministério da Cidade para solucionar o problema da Foz do Paraná dos Mouras, e recursos também para aquisição de barcos para comunidade do Besouro.

Em Marechal Taumaturgo, Gladson foi recebido pelo pré-candidato a prefeito pelo PP, Isaac Pianko, juntamente com seus pais, Antônio e Peti Pianko, e o irmão Benk Pianko.

Na recepção do Centro Yyorenkantame  onde diversas lideranças indígenas estiveram presentes, foi discutida as chances reais de vitória do Isaac nas eleições deste ano levando em conta a referência de trabalho, respeito e dignidades da comunidade Ashaninka para o Acre, o Brasil e o mundo.

O assunto também foi debatido em elevado grau de consenso com os progressistas do município e com o presidente do partido em Taumaturgo, o vereador Antônio Jamisson.

Cameli participou também da procissão de São Sebastião, que encerrou o novenário no município. No evento religioso, ele esteve acompanhado dos jovens progressistas do Juruá, Tárcito Batista, Plínio Bandeira, Ilderlei Cordeiro e várias outras lideranças do PP na região.

Escrito por Silvânia Pinheiro

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.