Bolsas dos EUA atingem novas máximas impulsionados pelo setor bancário

01.03.2017 14:30 Por jornalismo

As ações norte-americanas avançavam nesta quarta-feira para patamares recordes intradias com o Dow Jones rompendo a marca de 21 mil pontos pela primeira vez, conforme as ações do setor bancário subiam com chances maiores de uma alta da taxa de juros neste mês, enquanto um tom mais comedido no discurso do presidente Donald Trump tranquilizou investidores.

Às 12h33 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,22%, a 21.066 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,1%, a 2.389 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,96%, a 5.881 pontos

Em seu primeiro discurso para a sessão conjunta do Congresso na véspera, Trump disse que queria impulsionar a economia dos EUA com um alívio fiscal “maciço”, fazer um esforço de US$ 1 trilhão em infraestrutura e revisar o Obamacare.

Trump baixa tom agressivo no primeiro discurso no Congresso

Os comentários, embora carentes de detalhes, ajudaram a reforçar a sua postura favorável ao crescimento que levou Wall Street a um patamar recorde depois da eleição presidencial norte-americana.

No entanto, os mercados permaneciam mais focados nos comentários de terça-feira de vários integrantes do Federal Reserve, banco central norte-americano, incluindo o influente presidente do Fed de Nova York, William Dudley, que disse que o argumento para apertar a política monetária se tornou “muito mais atraente”.

O índice financeiro do S&P 500 subia 2%, superando os outros 10 principais setores, liderado por ganhos do JPMorgan, Bank of America, Citigroup e Wells Fargo.

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.