Bebidas muito quentes aumentam o risco de câncer na boca, língua e esôfago

19.07.2019 14:11 Por videos

Estudos indicam que temperaturas acima de 65ºC são perigosas para a boca.

Ingerir bebidas muito quentes (acima de 65ºC) pode aumentar o risco de câncer de esôfago. É o que sugerem alguns estudos. Fumar e ingerir bebidas alcoólicas ainda são as principais causas desse tipo de câncer. Entretanto, a maioria dos casos da doença ocorrem em continentes onde é comum o consumo de bebidas muito quentes.

“O alimento quente, mesmo tendo tolerância, é um fator agressor. Ele pode levar eventualmente até a doenças mais sérias, como câncer de cavidade oral ou de língua”, explica o otorrinolaringologista Ali Mahmoud. O câncer de boca e de língua é mais comum em lugares onde as pessoas tomam bebidas quente, como na região sul.

Para minimizar os riscos, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) orienta as pessoas a consumirem bebidas com temperatura inferior a 60ºC. Para chegar nessa temperatura, desligue o fogo quando iniciar a formação de bolhas gasosas no fundo da panela ou chaleira e espere cinco minutos antes de colocá-la na garrafa térmica ou consumir a bebida.

Fonte G1

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.