O caçador que virou protetor de animais após ver pássaro raro ‘chorar’

05.05.2019 11:28 Por REDAÇÃO ONLINE

‘É a minha redenção, meu pedido de desculpas’, diz indonésio que virou guarda-parques na ilha de Sumatra.

Por BBC


Espécie calau-de-capuz só é encontrada em florestas asiáticas — Foto: Reprodução/BBC

Espécie calau-de-capuz só é encontrada em florestas asiáticas — Foto: Reprodução/BBC

A floresta tropical de Leuser, na ilha de Sumatra, na Indonésia, é um dos ecossistemas mais diversificados do mundo.

Mas é também um polo de caça e comércio ilegais de partes de animais, incluindo do raro pássaro calau – em especial a espécie calau-de-capuz, só encontrada em florestas asiáticas.

Os calaus encontrados em Sumatra são cobiçados no mercado negro chinês por seu bico colorido, usado para fazer peças ornamentais.

A BBC conheceu um ex-caçador que, depois de matar centenas de animais, comoveu-se com o choro de um deles e passou a protegê-los.

Hoje, ele é guarda-parques em Leuser e ajuda a desmontar armadilhas.

“É a minha redenção, meu pedido de desculpas”, diz ele.

Notícias Recomendadas

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site ou de seus editores.