setembro_amarelo_tv_jurua.png

Acre

Estado disponibiliza atendimento psicológico on-line durante período de isolamento

Diante do cenário que o Estado está vivenciando acerca das medidas preventivas ao coronavírus, a pandemia apresenta não só uma ameaça à saúde física, mas também à mental, causando ansiedade, pânico, insegurança e ideação suicida.

A Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres (SEASDHM), pensando no estado de vulnerabilidade mental que muitos se encontram, está oferecendo serviço de atendimento psicológico on-line, pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., pela manhã das 8h às 12 horas e no período da tarde das 14h às 18h. Qualquer pessoa que se sentir em situação de crise poderá enviar um e-mail e as psicologas retornaram o contato para o atendimento. O interessado pode entrar em contanto também com o Centro de Valorização da Vida – CVV pelo telefone: 188.

Nesse momento é importante saber filtrar informações. As psicólogas da SEASDHM Dina Larissa e Luzivera Batista deram dicas de como lidar com o isolamento social.

Crie uma rotina em casa: saber como será o dia gera menos preocupações. Procure um tempo para você. Faça coisas que antes você falava que não tinha tempo para realizá-las. Faça coisas que te agrada. Você deve ser prioridade.

Racionalize: A ansiedade nos faz pensar no pior, filtre as informações. Avalie as informações, se elas te fazem bem ou não. Cuidado com fake news.

Para quem tem criança em casa: orientar e informar sobre o que coronavírus, com uma linguagem fácil.

Tenha certeza que você não está sozinho: tenha em mente, que esse momento é delicado, o qual precisamos passar juntos. Procure cultivar pensamentos positivos – Tudo passa!

Cuidados para prevenção: lave as mãos com água e sabão; evite aglomerações, só saia de casa se for estritamente necessário; não compartilhe objetos pessoais; mantenha os ambientes ventilados e limpos; use máscaras; cubra o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

“Estamos reduzindo o contato social e vemos nossa rotina ser interrompida abruptamente diante da crise da pandemia e é normal sentir medo, estresse e angústia. Contudo é de extrema importância que sigamos as dicas de prevenção e cuidar da saúde mental. Quanto mais tranquilos e seguindo as orientações de prevenção do vírus, mais cedo estaremos livres da pandemia. É de extrema importância buscar de equilíbrio emocional diante da crise. Caso não consiga peça ajuda, não tenha vergonha de recorrer à ajuda psicológica”, complementou a psicóloga Dina Larissa.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image