logo_oficial.png

Acre

Governo e Ministério Público do Trabalho entregam 50 novos respiradores para hospitais referência no tratamento de Covid-19

Uma união para salvar vidas. Assim pode ser definida a parceria entre Governo do Estado do Acre e Ministério Público do Trabalho (MPT) na aquisição de 50 novos respiradores mecânicos, que chegaram ao estado para o fortalecimento da estrutura pública hospitalar no combate à pandemia do novo coronavírus. Os equipamentos foram apresentados nesta quinta-feira, 2, pelo governador Gladson Cameli, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Franco Silva, na Baixada da Sobral, em Rio Branco.

Os aparelhos importados da China foram comprados com recursos próprios do governo acreano e da conversão de multas destinadas pelo MPT que haviam sido aplicadas pela Justiça do Trabalho. Já o processo de aquisição se deu por meio do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops), órgão operacional da Organização das Nações Unidas (ONU). Cada unidade custou R$ 79,4 mil, um dos valores mais baixos do país desde o agravamento da crise do coronavírus.

Os ventiladores mecânicos serão enviados para os quatro hospitais de referência no tratamento de pacientes com Covid-19. Em Rio Branco, o Pronto-Socorro e Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into) receberão 15 equipamentos, cada. Outros 15 aparelhos vão para o Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Já o Hospital Regional do Alto Acre, em Brasileia, contará com 5 novos respiradores.

Fotos Marcos Vicentti 266 1200x800 1

Gladson conclama a sociedade para vencer o coronavírus e reafirma seu compromisso de priorizar a vida
Desde a confirmação dos primeiros casos de coronavírus no estado, o governador Gladson Cameli não tem medido esforços para melhorar a Saúde pública acreana. Além da abertura de novos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), semi-intensivos e de enfermaria, o governo contratou mais profissionais e construiu, em menos de 60 dias, dois novos hospitais de campanha com estrutura permanente, na capital e em Cruzeiro do Sul.

Em seu pronunciamento, o gestor fez questão de agradecer o empenho de todos os servidores da Saúde em meio à pandemia. Sempre otimista, Cameli convocou a sociedade para, juntos, vencer a guerra contra o coronavírus e reforçou sua posição de colocar a vida da população como prioridade absoluta. 

“As dificuldades se multiplicam, mas não há um dia, um só dia, em que não redobramos nossas forças para combater um inimigo que invade a nossa família, que ataca os nossos amigos, e que nos faz buscar a fé em nosso senhor Jesus Cristo para continuar nessa batalha. Enquanto tiver uma vida para salvar, eu não vou desistir. O Acre não vai parar. Nós vamos continuar lutando mais e mais porque é assim que as pessoas e as famílias que nesse momento estão lutando contra o coronavírus também estão fazendo. Essa luta é minha! Essa luta é nossa! E precisa ser também de toda a sociedade”, enfatiza Cameli.

O vice-governador Major Rocha destacou a transparência e seriedade do governo na utilização dos recursos públicos destinados exclusivamente para o enfrentamento ao coronavírus. “Enquanto muitos estados do Brasil passam por operações da Polícia Federal por conta de superfaturamento e irregularidades, graças a Deus o nosso estado passa ao ao largo disso”, ressaltou.

Respiradores mecânicos possuem tecnologia de ponta e obedecem padrões da Anvisa
Mesmo com a dificuldade mundial para aquisição de respiradores em meio à pandemia, mais de 100 aparelhos já chegaram ao estado por meio do ministério da Saúde, aquisição própria e doações. O equipamento é um componente fundamental na luta contra a Covid-19. Utilizado em casos críticos, o aparelho auxilia, por meio de ventilação mecânica, para que o oxigênio chegue até os pulmões dos pacientes.

“Esses 50 respiradores vão dar o suporte para todo o estado. No Juruá, vai ser muito importante para o funcionamento do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul. Somente lá, saímos de 8 para 18 leitos de UTI e vamos ampliar para 28 leitos”, declarou o secretário de Saúde, Alysson Bestene.

De acordo com a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Marielle Cardoso, os modernos respiradores mecânicos estão de acordo com os padrões estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), possuem dois anos de garantia, seis meses de assistência técnica e, além da instalação, a empresa fará a capacitação dos servidores para o correto manuseio dos equipamentos.

“Essa é uma prova do compromisso que o MPT tem com o estado acreano e desejamos que o Estado faça bom uso desses respiradores. Entendemos que era necessário unirmos esforços em prol da saúde e sociedade. Com isso, esperamos que os profissionais tenham melhores condições de trabalho e a população tenha uma condição de sobrevida melhor”, argumentou.

O deputado Alan Rick representou a bancada federal acreana no evento. A intervenção do parlamentar junto ao Ministério da Saúde foi importante para o transporte aéreo dos respiradores de São Paulo ao Acre. “Nos empenhamos, junto com o ministro Eduardo Pazuello, que rapidamente nos atendeu e colocou os aviões da FAB [Força Aérea Brasileira] para fazer essa entrega desses respiradores aqui no nosso estado”, explicou.

A solenidade realizada na UPA da Baixada da Sobral faz parte da programação em comemoração aos 6 anos da inauguração na unidade. Na mesma oportunidade, o governo fez uma homenagem em alusão ao Dia do Bombeiro, celebrado neste 2 de julho. A corporação recebeu 4,1 mil protetores faciais confeccionados em impressora 3D, que serão distribuídos aos profissionais.

O evento foi prestigiado ainda pelo procurador geral do Estado, João Paulo Setti; pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Batista; a diretora-geral da UPA Franco Silva, Michela Lemos; e servidores da unidade hospitalar.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image